Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Negócios

Produtor de vinho aluga jato para buscar trabalhador na Romênia. Italiano recusa

produtor vinho Itália
Sem contar com mão de obra italiana, produtor de vinho na Itália precisou resgatar trabalhadores retidos na fronteira | Foto: Corriere

Sem contar com mão de obra italiana, produtor de vinho na Itália precisou resgatar trabalhadores retidos na fronteira.

Martin Foradori Hofstätter, produtor de vinho de uma das vinícolas mais importantes do sul do Tirol, na Itália, tenta há semanas trazer para a Itália seus históricos trabalhadores sazonais romenosespecializados em poda nas vinhas.

Oito mulheres capazes de cortar as plantas impecavelmente, sem danificá-las e, assim, garantir a qualidade das uvas (e do vinho). 

Quando ele entendeu que a burocracia impediria a contratação dos trabalhadores, ele contratou um jato particular que pousou em Bolzano nos últimos dias.

LEIA TAMBÉM

A aposta de um jovem: o novo vinhedo no Piemonte ‘terá a uva da esperança’

Conheça os cinco destinos mais românticos da Itália

A história começa na fronteira com a Hungria. A União Européia havia autorizado os corredores verdes – livres da quarentena dos países – para trazer mão de obra do Oriente. 

Os enólogos alemães e austríacos já haviam se beneficiado com isso, começando imediatamente a trazer podadores especialistas para trabalharem em suas plantações. Mas no caso do produtor de Tramin-Termeno, as oito mulheres ficaram retidas na fronteira húngara.

As oito podadoras de Martin Foradori Hofstätter em ação | Foto: Corriere

“Tentamos resolver o problema de todas as maneiras”, ele diz

No entanto, depois de duas semanas de telefonemas, contatos com políticos locais, de Roma e da União Europeia, representantes das embaixadas, além de intensas discussões com gerentes de associações comerciais, ele foi obrigado a alugar um jato particular para trazer os trabalhadores para a Itália. 

“Durante esse período econômico, uma despesa não indiferente e talvez até insana, mas sem isso o futuro de minhas vinhas teria sido marcado. Eu não tinha alternativa”, conta Martin, em entrevista ao Corriere.

Não havia mão de obra italiana disponível?, pergunta o jornalista. “Alguém poderia dizer que eu poderia ter abordado os numerosos desempregados presentes na área”, responde o produtor. “Mas não é assim. Também tentamos, mas aqueles que contratamos para fazer um teste, após duas horas desistiram “porque o trabalho era muito cansativo“, explica o produtor.


E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Mais de Italianismo

Cotidiano

Medida pode beneficiar milhares de cidadãos italianos residentes no Brasil, e que receberam a Coronavac

Esporte

Líderes da União Europeia declaram abertamente torcida pela Azzurra na decisão da Eurocopa

Cotidiano

A declaração se deu durante coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica, depois de dois dias de reuniões entre os líderes da União Europeia

Cotidiano

Em carta, Doria pede que Comunidade Econômica Europeia aceite vacinados com CoronaVac.

Cotidiano

A aldeia italiana subaquática de Curon está emergindo pela primeira vez em décadas.

Cotidiano

Futuro do turismo dependerá do reconhecimento dos imunizantes de China e Rússia por destinos mais populares.

Cotidiano

"CoronaPass" e vai entrar em vigor na próxima segunda, data da reabertura de bares e restaurantes na Itália.

Destinos

60 mil bilhetes gratuitos disponíveis a partir de outubro, para viajar a partir de março de 2022.

Cotidiano

Cada vez mais, Mario Draghi parece estar falando por toda a Europa, segundo o NY Times.

Cotidiano

O Green Pass será lançado na Europa a partir de 1º de junho, antes da data programada.

Cotidiano

"Encorajamos fortemente os Estados-membros a aplicar estas medidas mais restritivas"

Cotidiano

Em toda a Europa, o horário de verão entrará em vigor a partir deste domingo, 28 de março, às 2h.  Deixa o seu comentário: