Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Vida & Estilo

O papel da máfia na infraestrutura precária da Itália

A Itália assiste as consequências desastrosas do uso de materiais de qualidade inferior e do envolvimento da máfia no boom da construção na década de 1960

Itália começa a colher os ‘frutos podres’ da máfia que controla o setor de construção desde a década de 1960.

A queda de uma ponte em Gênova em 14 de agosto, que matou 43 pessoas, é o mais recente sinal dos problemas de infraestrutura das construções na Itália. Segundo o Departamento Nacional de Estatística, mais de 2 milhões de residências no país correm o risco de desabar e mais de 156 tetos de escolas caíram nos últimos cinco anos.

A ponte Morandi, considerada uma obra-prima da engenharia ao ser inaugurada em 1967, foi a décima segunda ponte a desmoronar na Itália desde 2004. Os problemas são resultado, em grande parte, do boom da construção na década de 1960, quando pontes, estradas, prédios e escolas foram construídos, muitas vezes com material de qualidade inferior para aumentar os lucros dos empreiteiros associados aos chefes da máfia.

“Não há dúvida de que o boom da construção dos anos 1960 contribuiu para agravar a situação. As casas, prédios, viadutos, entre outras obras públicas, foram construídos em áreas sujeitas a deslizamentos de terra e a sismos, perto de penhascos e em locais com água subterrânea”, disse Maurizio Carta, professor de planejamento urbano da Universidade de Palermo.

Em 2009, os deslizamentos de terra e as inundações na província de Messina, no norte da Sicília, causaram a morte de 37 moradores e ferimentos em 95 pessoas.

A infraestrutura precária das estradas no sul da Itália também preocupa os especialistas. As construtoras, muitas das quais colaboraram com a máfia durante anos, usaram um excesso de água na mistura de substâncias calcárias e argilosas na fabricação do cimento, e poucas vezes concreto armado, um material mais caro.

Das 12 pontes que desmoronaram nos últimos anos, quatro localizavam-se na Sicília, e duas foram investigadas por promotores públicos por suspeita de uso de material de qualidade inferior.

Diversos túneis e pontes estão sendo investigados pela mesma razão na Calábria. “Durante a análise da amostragem de túneis e pontes, encontrei blocos de cimento com uma resistência três vezes menor do que o padrão recomendado nas construções”, disse Nicola Gratteri, o promotor responsável por investigar a máfia na região da Calábria, ao jornal The Guardian.

“Essas obras públicas foram construídas pela ‘Ndrangheta, a máfia que controla o setor de construção desde a década de 1960. O setor de construção é a segunda atividade mais lucrativa da ‘Ndrangheta após o tráfico de drogas.”

Por The Guardian

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Destinos

Vocalista dos Rolling Stones comprou casa em Portopalo di Capo Passero, na província de Siracusa, na Sicília

Cotidiano

Na sexta-feira, 15 cidades deverão estar em alerta vermelho (incluindo Roma, Florença e Palermo) devido ao calor

Cotidiano

Robô submarino tira fotos do navio e da carga de ânforas que datam do século II a.C.

Cotidiano

Oliveira de Tanca Manna ficava no município de Cuglieri, que foi severamente atingido pelas chamas

Cotidiano

Os britânicos pretendem investir na Sicília: 900 casas em 30 cidades pitorescas da ilha

Cotidiano

O vulcão ativo mais alto da Europa, o Monte Etna, na Itália, entrou em erupção pela quarta vez em seis dias. Deixa o seu...

Cotidiano

A Igreja Católica beatificou o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Pesquisa revela que grupos mafiosos tiveram faturamento de mais de 2,2 bilhões de euros em 2020.

Cotidiano

Nonna Marietta nasceu em 16 de abril de 1909 e nesta semana completou o segundo aniversário em uma época de pandemia. Deixa o seu...

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

Cotidiano

O alarme em pesquisa financiada pelo Ministério da Universidade e INGV com as universidades de Catânia e Bari. "Litoral Sudeste em risco"

Comer e beber

O New York Times selecionou os melhores vinhos baratos do mundo abaixo de 20 euros: na lista estão cinco rótulos italianos