Connect with us

Hi, what are you looking for?

Cotidiano

Itália segue vizinhos e deve anunciar novo lockdown na segunda

Itália lockdown
Itália segue vizinhos e deve anunciar novo lockdown na segunda

Novo decreto: rumo ao fechamento das fronteiras regionais e novo horário de funcionamento de lojas

Encurralada pelos recordes diários de novos casos de covid-19, a Itália deve anunciar um novo decreto na próxima segunda-feira (2). Um novo lockdown já é dado como certo, segundo os principais jornais da Itália.

Segundo o Corriere della Sera, a partir do início da semana, o governo italiano deve impor a proibição de deslocamentos entre as regiões do país, e o fechamento de lojas e algumas atividades consideradas “não essenciais”. 

Capa do portal do Corriere neste sábado

Para evitar o risco de bloqueio total no país, o governo quer medidas pontuais em áreas com maior incidência de novos casos da doença, incluindo a Lombardia, Campânia, Ligúria, Lázio e Valle d’Aosta, e a província autônoma de Bolzano.

Bloqueios locais serão decididos neste domingo, segundo o La Repubblica, de Roma.

Recordes diários

Nas últimas 24 horas, a Itália somou 31.758 novas infeções do novo coronavírus e 297 mortes (ontem foram 199). Números que mostram que a curva de transmissão no país continua aumentando sem trégua, informou hoje o Ministério da Saúde italiano.

“Estamos vivendo horas de reflexão na Europa: a Bélgica, a França e outros países declararam o bloqueio”, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luigi Di Maio.

“Temos de analisar se é preciso antecipar ações para evitar que a curva piore. Reuniões são realizadas com frequência para decidir sobre o próximo decreto, que será, sem dúvida, mais restritivo”, acrescentou.

Di Maio garantiu que o governo estuda formas de barrar os contágios sem bloquear a atividade produtiva e sem encerrar as aulas presenciais. Mas o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, reconheceu que a manutenção de escolas abertas é uma das questões que o seu gabinete está avaliando.

Algumas regiões, como Apúlia e Campânia, já ordenaram o fechamento das escolas.

Lockdown no Reino Unido

Neste sábado (31), o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou as novas medidas de lockdown para o Reino Unido.

Para conter o acelerado avanço da segunda onda de contaminações pelo novo coronavírus no país, as novas regras de confinamento passam a valer a partir da meia-noite de quinta-feira (5) até dia 2 de dezembro.

O presidente da França, Emmanuel Macron, decretou um lockdown parcial em todo o território nacional desde a sexta-feira (30), na tentativa de conter a segunda onda do novo coronavírus.

Segundo o presidente, o novo bloqueio deve durar pelo menos até 1º de dezembro.

Alemanha e Bélgica também adotaram medidas severas de bloqueio.

Deixa o seu comentário:

Leia também:

Cotidiano

Quais as tendências dos nomes italianos mais populares em 2021?  Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Itália gasta cerca de R$ 934 milhões por ano para manter canis públicos Deixa o seu comentário:

Negócios

Lego do Coliseu será o maior conjunto já feito pela empresa    Deixa o seu comentário:

Arte & Cultura

Uma viagem de norte a sul para descobrir os cinco patrimônios naturais da Unesco Deixa o seu comentário:

Arte & Cultura

O bonsai mais antigo do mundo não está no Japão, mas sim na Itália Deixa o seu comentário:

História

Mais um achado “incrível” em Pompeia: arqueólogos descobriram dois corpos quase intactos Deixa o seu comentário:

Arte & Cultura

Norte-americana roubou um pedaço de pedra mármore do Museu Nacional Romano, na Itália Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

A partir de 1 de janeiro, cidadãos da UE perdem “direito automático” de residirem no Reino Unido Deixa o seu comentário:

Copyright © 2020 Italianismo – Permitida a reprodução desde que citado o Italianismo.