Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Vida & Estilo

Itália retoma atividade econômica nesta segunda. Veja o que funciona

Itália retoma atividade econômica nesta segunda após quarentena

Itália reabre após quarentena
Roma | Foto: Antonio Masiello / Getty Images

Itália cumpre o último fim de semana de confinamento devido à pandemia do coronavírus

Italianos celebram, neste domingo (3), o último dia de confinamento absoluto no país. A partir desta segunda-feira começa a Fase 2, com a abertura gradual das atividades comerciais e industriais, que permitirá o regresso ao trabalho de cerca de 4,5 milhões de pessoas.

“Inicia-se o desafio mais difícil. Começa um jogo que não sabemos quanto irá durar nem como terminará. Não devemos esquecer os sacrifícios feitos na primeira parte e devemos entender que o resultado final depende do nosso comportamento”, afirmou este sábado o Comissário Extraordinário para a Emergência de Itália, Domenico Arcuri.

Durante a coletiva de imprensa na sede da Proteção Civil italiana, Arcuri reconheceu o perigo que continua presente na forma do vírus e voltou a apelar à prudência de todos os italianos a fim de que “mantenham um equilíbrio razoável entre a liberdade relativa e a saúde”.

Desde que foi descoberto o primeiro infectado, no norte de Itália, foram contabilizados quase 210 mil casos e mais de 28 mil mortes.

Entretanto, nas últimas semanas a evolução favorável da curva dos contágios bem como a redução da pressão sobre os hospitais, com menos internados, levou o governo de Giuseppe Conte a decretar o início do relaxamento da quarentena.

Assim, a partir de 4 de maio poderão recomeçar as atividades comerciais, nas indústrias e no setor da construção civil, abrindo desta forma a circulação de 4,5 milhões de pessoas até então confinadas.

Estes irão juntar-se aos empregados dos serviços essenciais, que nunca fecharam, como os da alimentação e farmácias, por exemplo.

Um pouco de lazer

Os parques municipais voltam a abrir, a visita aos familiares que moram perto está autorizada, mas continuam proibidas as reuniões sociais.

A partir de 18 de maio poderão reabrir as bibliotecas, museus e lojas de pequeno comércio, sendo a partir de 01 de junho a vez dos bares, restaurantes, salões de cabeleireiro e centros de estética abrirem ao público.

As salas de cinema e de teatro continuam sem data para reabertura. Os colégios só voltam a funcionar em setembro, quando se inicia um novo ano letivo.

Governo vai distribuir 160 milhões de máscaras

O uso de máscaras continua sendo obrigatório nesta segunda fase do combate à pandemia. Arcuri anunciou a distribuição de 160 milhões de unidades em todas as regiões da Itália.

“A partir de segunda-feira quem quiser comprar as máscaras irá encontrá-las em 50 mil postos de venda ao preço de 50 centavos”, garantiu Arcuri, que admitiu duplicar a oferta de pontos de venda durante o mês em curso.

Segundo ele, o país tem um estoque de 47 milhões de máscaras, e que em maio serão distribuídas 12 milhões por dia, em junho subirá para os 18 milhões, em julho para os 25 milhões e em agosto para os 35 milhões.

Foi também anunciada a chegada, para esta segunda-feira, de testes sorológicos para muitos dos laboratórios selecionados pelo Ministério da Saúde para dar início ao estudo da amostra da presença de anticorpos nos primeiros 150 mil italianos.

Aeroportos voltam a funcionar

Alguns dos aeroportos encerrados há dois meses devido à drástica redução do tráfego aéreo vão reabrir nesta segunda-feira.

Segundo um comunicado do Ministério dos Transportes italiano, o aeroporto de Ciampino, o segundo maior de Roma depois de Fiumicino, e o de Peretola, segundo da Toscana depois do de Pisa, reabrirão para voos comerciais a partir de 4 de maio.

O ministério informou ainda a adição de novas conexões ferroviárias de longa distância, que complementarão a oferta, a fim de garantir os serviços essenciais mínimos.

O calendário da reabertura recebeu críticas, principalmente de governos das regiões do Sul, menos afetadas pela pandemia, que cobraram uma rapidez no regresso à normalidade.

De fato, a partir de 4 de maio, o recomeço das atividades de produção centra-se nas áreas mais atingidas, no norte industrial italiano.

Serão 2,8 milhões de trabalhadores do Norte (Lombardia, Emilia-Romanha, Piemonte, Vêneto e Marche) que voltam ao trabalho; 812 mil do centro; e 822 mil da região sul.

Cabeleireiros e profissionais da restauração deverão esperar até 01 de junho para reabrirem os seus negócios.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Vida & Estilo

O Eurostat atualizou os dados demográficos relativos aos países que integram a União Europeia

Economia

Resultado mostra uma recuperação acentuada da recessão da pandemia de Covid-19 um ano antes

Destinos

A regra vale para passageiros que tenham recebidos duas doses ou a dose de reforço

Cotidiano

O “aventureiro” escolhido pode levar companhia e não paga aluguel por um ano

Cotidiano

A Itália bateu nesta quinta-feira (6) um novo recorde de casos diários de Covid-19 e superou pela primeira vez a marca de 200 mil...

Cotidiano

Recorde absoluto de novos contágios pelo terceiro dia consecutivo com recorde de testes feitos; 156 mortos

Cotidiano

Ômicron e Delta estão causando 'tsunami' de casos de covid na Europa

Turismo

Setor de turismo representa cerca de 13% do PIB da Itália

Cotidiano

Novo pico de casos: nunca tantos desde o início da emergência. Na Lombardia, são 16 mil

Cotidiano

A Itália registrou 36.293 novos casos de Covid-19, totalizando 5.472.469 contágios, informou o boletim diário do Ministério da Saúde. Deixa o seu comentário:

Destinos

Do Brasil não é possível entrar na Itália por motivos de turismo

Cotidiano

Nas últimas 24 horas, a Itália registrou mais 20.677 casos de covid-19 e outras 120 mortes, o maior número desde maio