Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Itália alivia restrições contra coronavírus em 3 regiões

coronavirus italia
Menos restrições na Calábria, Lombardia e Piemonte a partir desse domingo | Foto: Musement

Menos restrições na Calábria, Lombardia e Piemonte a partir de domingo

O governo da Itália decidiu nesta sexta-feira (27) aliviar as restrições para conter o coronavírus nas regiões da Lombardia (norte), Piemonte (noroeste) e Calábria (sul) a partir deste domingo (29).

Essas três regiões, até agora classificadas como “zonas vermelhas” (áreas de maior risco), passarão a ser “zonas laranja” (risco médio), segundo disposição assinada pelo ministro da Saúde, Roberto Speranza.

Os seus habitantes poderão agora circular livremente no território do seu município de residência entre às 05h e às 22h, e só poderão sair da região (estado) por motivos profissionais, de saúde ou para acompanhar os filhos à escola.

As lojas de varejo podem abrir suas portas, assim como os shopping centers, exceto nos fins de semana. Restaurantes, bares e confeitarias não podem reabrir.

A partir de domingo, apenas o Vale de Aosta (noroeste), a província de Bolzano (norte), Toscana (centro), Abruzzo (centro) e Campânia (região de Nápoles, sul) permanecerão na zona vermelha.

Nessas regiões, a população só pode sair de casa por motivos de trabalho ou saúde, para acompanhar os filhos à escola ou fazer compras, mediante o preenchimento de um formulário.

A maioria das lojas está fechada, exceto as de alimentos, farmácias, óticas, funerárias e cabeleireiros. Centros comerciais, bares e restaurantes não estão funcionando.

A Ligúria (noroeste) e a Sicília (sul), até agora “zonas laranja”, passaram para as “zonas amarelas”, que são os locais de menor risco de coronavírus. Nessas regiões da Itália é possível circular livremente fora do toque de recolher (22h-05h). Os bares e restaurantes ficam abertos até às 18h.

O governo anunciou nesta sexta-feira um novo responsável pela saúde na Calábria, a ponta da bota italiana, onde as renúncias em cascata geraram polêmica nacional. Guido Longo vai liderar a luta contra a pandemia na região mais desfavorecida da Itália e devastada pela máfia. (Ansa)

LEIA TAMBÉM


200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Refugiados ucranianos na Itália são alojados em propriedades confiscadas da máfia

Economia

Cavargna é a cidade com os rendimentos mais baixos de toda a Itália

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

Cidadania Italiana

Funcionário público estava na folha de pagamento da assessoria, confirmou a polícia italiana

Destinos

O Carnaval tem uma variedade de celebrações ao redor do mundo, mas há uma festa inusitada que "pinta" uma cidade italiana

Cotidiano

Vários monumentos italianos passaram a noite desta quinta-feira (10) às escuras em forma de protesto contra o aumento do preço da energia. Deixa o...

Destinos

'Pequena Provença': conheça a vila no norte da Itália onde não se fala italiano. Uma joia para os turistas

Comer e beber

A nova classificação dos vinhos italianos mais pesquisados ​​na web: aqui está o Top 100

Cotidiano

Terremoto em Milão, epicentro na província de Bergamo: magnitude estimada em 4,4

Cotidiano

Meteorologista alerta para tempestade de neve no Piemonte, Lombardia, Ligúria e Vêneto

Cotidiano

Em amarelo apenas 7 regiões da Itália. Os outros são vermelhos ou vermelho escuro

Cotidiano

Poderão entrar no país europeu os turistas que receberam os imunizantes da Janssen, AstraZeneca, Moderna e Pfizer.