Rede de solidariedade para brasileiros na Itália

Está na Itália e precisa de ajuda? Separamos alguns grupos e informações para ajudar a comunidade brasileira na Itália

Em tempo de emergência, sabemos que o brasileiro só pode contar com o próprio brasileiro. Por esse motivo, o Italianismo resolveu reunir em um só lugar todos os canais para ajuda aos nossos irmãos “brasilianos“. A lista pode, e deve, ser atualizada. Se você conhece algum grupo grande e forte, para brasileiros na Itália, nos informe. Escreva nos comentários da postagem.

Consulados e representações diplomáticas

Itamaraty – (61) 9826 00 787 (número criado para assistência aos brasileiros na Europa)

Consulado Brasileiro em Milão – e-mail: assistencia.milao@itamaraty.gov.br – Facebook: Consulado-Geral do Brasil em Milão – Telefone:  02 777 1071 – Plantão consular: (39) 335 727 8117

Consulado-Geral do Brasil em Roma – Embaixada – Telefone: 06 6889 66270 ou  06.6889.661 – Plantão consular: (39) 333 118 4682 – Fax(+39) 06.6880.2883 – e-mail: assistencia.cgroma@itamaraty.gov.br 

Grupos

Veja qual grupo abaixo pode ser útil no seu caso:

Brasileiros em Milão

Brasileiros em Milão e arredores

Mães Brasileiras em Milão

Brasileiros em Roma

Brasileiros que vivem em Roma

Brasileiras em Roma

Brasiliani a Roma

Gruppo di Brasileiros em Roma

Brazil em Roma

Brasileiros no Lazio

Brasileiros em Saronno – Varese

Brasileiros em Turim

Brasileiros em Como

Brasileiros em Veneza

Trabalhe na Italia

Brasileiros na Italia

Brasileiros na Itália (grupo maior)

Ajuda Brasileiros na Itália

Brasileiros em Abruzzo

Brasileiros em Puglia Basilicata

Brasileiros na Reggio Calabria

Comunidade Brasileira na Sicilia

O Italianismo recomenda cautela e atenção nestes grupos. Mesmo em tempo de tragédia existem os aproveitadores e criminosos.

Redação
Redação
O ITALIANISMO tem consolidado a sua posição como o portal com a maior audiência na comunidade italiana no Brasil. Todos os meses passam pelas nossos mídias mais de 2 milhões de visitantes. A sua colaboração é muito importante para que possamos crescer ainda mais. Compartilhe a reportagem que você acabou de ler.