Sabotagem na Itália: produtores perdem 4 milhões de litros de vinho

Os danos foram estimados em 2 milhões de euros | Foto: foggiatoday

Os danos foram estimados em 2 milhões de euros

A polícia italiana da região de Puglia investiga um ataque contra duas cooperativas vinícolas. Elas foram arrombadas e tiveram seus tanques abertos. Mais de 4 milhões de litros de vinho e mosto foram liberados, causando danos estimados em 2 milhões de euros – cerca de R$ 9,2 milhões. 

A Antica Cantina, com sede na cidade de San Severo, e a Cantine Padre Pio, localizada na vizinha Torremaggiore, foram vítimas de sabotagem. O crime aconteceu no final de outubro do ano passado. A polícia ainda procura os criminosos. 

Uma das hipóteses é que as vinícolas tenham sido alvo de uma retaliação às políticas de preços das uvas, criando um concorrência desleal entre os vinicultores da província de Foggia. 

Estamos diante de um evento realmente triste e é de seriedade sem precedentes, além de um ato de covardia absoluta perpetrada contra trabalhadores e produtores de nossa região. Este episódio é um golpe terrível para a nossa economia”, disse Francesco Miglio, prefeito de San Severo.