Já começaram os saldões de inverno na Itália

Comércio na Itália iniciou saldões de inverno de 2020

Associação de consumidores defende o fim da temporada de ofertas

Após as festas de Natal e Réveillon, o setor de comércio na Itália iniciou nesta terça-feira (2) os saldões de inverno de 2020.

A temporada de ofertas começou nas regiões de Sicília e Basilicata, no sul do país, e Vale de Aosta, no norte, e se estenderá para o restante do território italiano em 4 de janeiro.

A Confcommercio, associação que reúne os comerciantes do país, prevê um faturamento de 5 bilhões de euros com os descontos e uma despesa média de 324 euros por família, especialmente com roupas, calçados e acessórios.

Já associações de consumidores estão menos otimistas e temem efeitos negativos causados pela propensão das pessoas a guardar dinheiro e pela Black Friday, que absorve uma fatia cada vez maior das compras tradicionalmente feitas no início de janeiro.

“A Black Friday levou milhões de italianos a anteciparem compras que antes eram reservadas aos saldões de inverno. Apenas outlets e butiques de alta moda terão números positivos, mas serão principalmente os turistas estrangeiros que farão compras”, diz a Coordenação das Associações de Defesa dos Direitos do Consumidor (Codacons).

A entidade defende inclusive a extinção dos descontos de fim de temporada, os quais considera “inúteis e obsoletos”.

Por Agência Ansa

Redação
Redação
O ITALIANISMO tem consolidado a sua posição como o portal com a maior audiência na comunidade italiana no Brasil. Todos os meses passam pelas nossos mídias mais de 2 milhões de visitantes. A sua colaboração é muito importante para que possamos crescer ainda mais. Compartilhe a reportagem que você acabou de ler.