Debaixo de muita vaia, Mahmood é o vencedor do Festival de Sanremo 2019

O rapper desbancou os grande favoritos Ultimo e Il Volo. Públicou vaiou o resultado 

Esqueça aquelas lindas canções românticas interpretadas no belo idioma italiano, por Laura Pausini, Tiziano Ferro e Eros Ramazzoti, cantores da nova geração, ou, Luciano Pavarotti, Enrico Caruso Beniamino Gigli e Tito Schipa que marcaram época.

A Itália mudou. A prova veio neste sábado (9): Mahmood é o grande vencedor do Festival de Sanremo.

Com 26 anos, filho de egipciano com uma mãe italiana, e crescido na periferia de Milão, o artista vem se destacando no trap (um estilo de instrumental do rap), mas com uma qualidade pra lá de duvidosa.

Com a canção Soldi, uma crítica social, escrita pelo próprio Mahmmod com Charlie Charles e Dardust, ele desbancou os grande favoritos Ultimo e Il Volo, que chegaram à super final e acabaram respectivamente nas segunda e terceira posição. Outro dos favoritos, Irama ficou apenas em sétimo.

No anúncio dos resultados, o Teatro Ariston veio abaixo em vaias, sobretudo quando Loredana Bertè ficou em quarto lugar. Os apresentadores, Claudio Baglioni, Claudio Bisio e Virginia Raffaele tiveram que pedir silêncio diversas vezes, sem sucesso.

Uma vitória que deixou perplexo o ministro do Interior, Matteo Salvini. O líder da Liga twittou “A mais bela música italiana? Eu teria escolhido Ultimo”.

Na verdade, Salvini está preocupado com a questão política que esta vitória do rapper representa. No ano passado, o vice premier criou duro decreto contra os imigrantes.

Leia também: Que tal visitar de trem os 33 patrimônios italianos tombados pela Unesco?

Agora, Mahmood vai representar a Itália no Eurovision 2019. Como vencedor Festival de Sanremo, ele foi automaticamente convidado a suceder Ermal Meta e Fabrizio Moro e aceitou o convite. E agora deve vir polêmica… Este ano festival acontece em Israel e Soldi contém uma frase em árabe, além de mencionar o Ramadan.

Não é Salvini que perdeu. É a musica italiana.

Letra de Soldi – Mahmood

In periferia fa molto caldo
Mamma stai tranquilla sto arrivando
Te la prenderai per un bugiardo
Ti sembrava amore era altro
Beve champagne sotto Ramadan
Alla TV danno Jackie Chan

Fuma narghilè mi chiede come va
Mi chiede come va come va come va
Sai già come va come va come va
Penso più veloce per capire se domani tu mi fregherai
Non ho tempo per chiarire perché solo ora so cosa sei
È difficile stare al mondo quando perdi l’orgoglio lasci casa in un giorno

Tu dimmi se
Pensavi solo ai soldi soldi
Come se avessi avuto soldi
Dimmi se ti manco o te ne fotti
Mi chiedevi come va come va come va
Adesso come va come va come va
Ciò che devi dire non l’hai detto
Tradire è una pallottola nel petto
Prendi tutta la tua carità
Menti a casa ma lo sai che lo sa
Su una sedia lei mi chiederà
Mi chiede come va come va come va
Sai già come va come va come va

Penso più veloce per capire se domani tu mi fregherai
Non ho tempo per chiarire perché solo ora so cosa sei
È difficile stare al mondo
Quando perdi l’orgoglio
Ho capito in un secondo che tu da me
Volevi solo soldi
Come se avessi avuto soldi
Prima mi parlavi fino a tardi
Mi chiedevi come va come va come va
Adesso come va come va come va
Waladi waladi habibi ta’aleena
Mi dicevi giocando giocando con aria fiera
Waladi waladi habibi sembrava vera
La voglia la voglia di tornare come prima
Io da te non ho voluto soldi…
È difficile stare al mondo
Quando perdi l’orgoglio
Lasci casa in un giorno

Tu dimmi se
Volevi solo soldi soldi
Come se avessi avuto soldi
Lasci la città ma nessuno lo sa
Ieri eri qua ora dove sei papà
Mi chiedi come va come va come va
Sai già come va come va come va