Terremoto de 4.6 abala Ravenna. Medo no Vêneto: escolas estão fechadas

Foto: Massimo Argnani

O terremoto ocorreu em uma área considerada de alto risco sísmico

Um forte terremoto de magnitude 4.6 na escala Richter foi sentido no início da madrugada desta terça-feira (15) em Ravena, na região da Emilia-Romanha, no norte da Itália.

Nas redes sociais, os italianos informaram que o tremor de terra também foi sentido em diversos locais, incluindo Bolonha, Padova e algumas cidades do Vêneto, que anunciaram o fechamento das escolas nesta terça.

O epicentro foi localizado ao longo da costa de Ravenna. Segundo levantamentos do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (Ingv), a magnitude foi de 4,6, com um hipocentro a 25 km de profundidade. Meia hora depois uma réplica menos intensa: 3.0, com epicentro desta vez a 9 km de Cervia.

 

Muitas pessoas, assustadas, deixaram suas casas e desceram às ruas. Imediatamente, os bombeiros e a proteção civil foram ativados. Não houve registro de danos ou vítimas.

O terremoto ocorreu em uma área de uma área considerada de alto risco sísmico, explica o Ingv. A atividade sísmica histórica da área não relata eventos significativos onde o terremoto ocorreu, mas nas áreas próximas aconteceram tremores com magnitude superior a 5 graus.

A intensidade histórica máxima ocorreu durante o terremoto de 22 de junho de 1620, com quase 8 graus.