5 comidas italianas “made in Brazil” que assustaria os italianos mais conservadores

Pizza de frango com Catupiry: um dia os italianos vão conhecer (e se apaixonar)

5 comidas italianas que foram “reinventadas” no Brasil

Dizem que gosto não se discute. No mínimo, se respeita; no máximo, se lamenta. Em se tratando de tradição italiana, alterar a receita é briga na certa.

Que tal um suculento bife à parmegiana, uma palha italiana feita no capricho ou uma pizzas carregada de ingredientes.

Muitos dos pratos servidos nas cantinas brasileiras, adaptados para o paladar brasileiro ou por falta de ingredientes tradicionais utilizados na Itália, assustariam os italianos mais conservadores.

Confira algumas receitas italianas que foram “reinventadas” – leia-se criadas – no Brasil:

Pizzas carregadas de recheios ou exóticas

Pizza de lombo (tipo canadense) com abacaxi: sabores impossíveis na pizza italiana

Pizza de chocolate, de cream cheese, de estrogonofe, de frango catupiry…. são dezenas de variações que chegam às mesas dos brasileiros nos mais diferentes restaurantes. No Brasil, por uma tradição cultural, as pizzas tem mais recheio do que massa.

Já na Itália, as redondas são de massa bem fininhas e com pouquíssima cobertura. Até parece que o pizzaiolo é mão de vaca.

Palha italiana

Lado a lado: salame de chocolate e palha italiana

Vai dizer que o doce feito de brigadeiro e biscoito não é mais gostoso que o “salaminho de chocolate”?

Apresar de ser feito de forma diferente, a sobremesa brasileira foi uma inspiração do doce italiano, típico da Lombardia, conhecido como salame di cioccolato.

Cappuccino com chocolate

Capuccino brasileiro leva mais ingredientes

Quem já provou um cappuccino na Itália vai entender. A receita italiana basicamente é: um café expresso, diluído em leite, com a “crema” [creme] do leite vaporizado. Nada de cacau, canela e chocolate em pó como no nosso brasileiro.

Bife à parmegiana

Bife à parmegiana: italiano apenas no nome

O filé à parmegiana com arroz e fritas é sem duvidas o prato “italiano” que mais chocaria o italiano conservador.

Criado no Bixiga, tradicional bairro de São Paulo, o filé a parmegiana é um tipo de bife frito, empanado com farinha de trigo e ovos, em alguns casos coberto com presunto, com queijo muçarela e bastante molho de tomate.

Na Itália, o máximo que você vai encontrar é o cotoletta alla milanese  (bife à milanesa, mas feito com uma bisteca suína) e a parmigiana di melanzane (berinjela à parmigiana), feita em fatias dispostas em camadas, regada com molho de tomate e salpicada com queijo parmesão. Muito tradicional nas regiões da Sicília,  Nápoles e, claro, Parma, na Emilia-Romana (terra natal do queijo parmesão).

Polpetone

Polpetone à la brasileira. Para os mais íntimos, porpetone

Outra recriação totalmente brasileira é o polpetone. Na Itália, ele é feito no forno, não é frito como no Brasil, e não tem o excesso de molho.

Outra diferença é que na receita típica italiana o prato leva uma mistura de carne bovina e suína em sua composição. Os recheios podem variar.