Embaixador italiano lamenta morte de ex-governador do ES

“Graças a ele foi instituído o Dia do Imigrante Italiano”, declarou Bernardini.

O embaixador da Itália em Brasília, Antonio Bernardini, lamentou nesta quinta-feira (27) a morte do ex-governador do Espírito Santo Gerson Camata, assassinado na última quarta (26), em Vitória.

“Com grande tristeza ficamos sabendo da notícia do assassinato de Gerson Camata, ex-governador do Espírito Santo e figura política muito conhecida no Brasil”, escreveu Bernardini no Twitter. Camata foi morto por um ex-assessor, Marcos Venício Moreira Andrade, com quem travava uma disputa na Justiça.

Em sua mensagem, o embaixador lembrou que o ex-governador foi autor da iniciativa que instituiu o Dia Nacional do Imigrante Italiano, celebrado em 21 de fevereiro. “Graças a ele foi instituído o Dia do Imigrante Italiano”, declarou Bernardini. Camata tinha 77 anos e estava fora da política desde 2011, quando encerrou seu terceiro mandato consecutivo como senador.