Consulado italiana em Santa Catarina avança, mas depende de novo governo eleito

Reunião estratégica para implantação do Consulado Italiano em Santa Catarina. Foto: Karina Ferreira / Agência AL

A abertura do consulado italiano em Santa Catarina foi assunto durante reunião diplomática realizada no Rio de Janeiro, na última quinta-feira. Para o conselheiro da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria em Santa Catarina, Diego Mezzogiorno, um cônsul catarinense afinará as relações econômicas do Estado tanto com a Itália quanto com toda a União Europeia.

Os trâmites burocráticos para a abertura do consulado da Itália em Santa Catarina passam pelo governador eleito Carlos Moisés (PSL), do mesmo partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, que já sinalizou fazer alianças com o governo italiano. Já houve, por parte do atual governador Eduardo Moreira (MDB), uma sinalização para cessão de espaço dentro do Centro Administrativo para a futura sede consular. No entanto, a oficialização só poderá ser feita em 2019, após o fim do ano eleitoral. Mezzogiorno já abriu conversas com o futuro governo para avançar os trâmites.

Ao centro, o embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, (esq.) o presidente da Casa d’Italia do Espírito Santo, Cilmar Franceschetto, e Diego Mezzogiorno. Foro: Divulgação

Também depende de aval do governador eleito e da equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável o avanço de uma parceria no setor de tecnologia entre o Estado e o país europeu. Uma parceria prevê cooperação entre startups catarinenses e da região da Campânia, no Sul, onde fica a cidade de Napolis. É uma porta para as empresas locais avançarem na União Europeia tendo a Itália como porta. Há também cooperações no setor náutico.

Com informações de Altair Magagnin / Notícias do Dia

Gostou desta matéria? Então compartilhe com os seus amigos!

  • Siga o Italianismo no Instagram aqui.
  • Curta o Italianismo no Facebook aqui.