Festa Italiana agita Belo Horizonte neste domingo

Itália agora fecha totalmente os portos durante verão
29 de junho de 2018
Mesmo fora, audiência da Copa de 2018 segue em alta na Itália
29 de junho de 2018

Festa Italiana em Belo Horizonte/MG

A 12ª edição do evento celebra o Dia da República Italiana, comemorado em 2 de junho

Domingo (1º/7), a capital recebe a Festa Tradicional Italiana, que vai mobilizar cerca de 90 restaurantes. Pratos típicos, vinhos, músicas e danças típicas devem atrair de 40 mil a 60 mil pessoas, de acordo com os organizadores.

A 12ª edição do evento celebra o Dia da República Italiana, comemorado em 2 de junho. Por cerca de 10 horas, a festa ocupará o coração da Savassi. “A cada ano, o nosso público aumenta. Agora vamos ocupar mais um quarteirão. É uma festa linda, alegre, para a família. O mineiro gosta da Itália e se identifica com a nossa cultura. É um povo bem italiano no modo de ser”, afirma Giorgio Collina, vice-presidente da Associação Cultural Ítalo-Brasileira (Acibra-MG). De acordo com ele, há 1,5 milhão de descendentes de italianos no Brasil.

“A história de BH tem muitos capítulos protagonizados por italianos e seus descendentes. Muitos deles vieram construir a nova capital, e essas famílias acabaram criando raízes por aqui. A festa é uma forma de homenageá-los, de resgatar um pouco essa história por meio da comida que os nonos comiam, da bebida que eles bebiam e das músicas que eles ouviam”, afirma Collina.

A novidade fica por conta da cerveja criada especialmente para a ocasião. A produção da bebida juntou dois mestres cervejeiros: o italiano Alessio Selvaggio, da cervejaria Croce di Malto, que fica em Trecate, a 40 quilômetros de Milão, e Sandro Duarte, da mineira Backer.

Outra novidade será o sorteio de uma passagem de ida e volta para Veneza. Para concorrer, basta doar 1kg de alimento não perecível na entrada da festa.

A música estará a cargo da dupla de tenores italianos Claudio Mattioli e Massimiliano Barbolini, influenciados, claro, pelo conterrâneo Luciano Pavarotti. Também vão se apresentar o grupo Taratolato, as cantoras Paola Giannini e Sonia Gargiulo e Donato Riccio.

CARDÁPIO Nas barraquinhas, os restaurantes prometem aliar sabor e tradição. Um deles é o Anella, que serve massas especiais caseiras e molhos artesanais com receitas exclusivas.

O fusilli com braciola, por exemplo, vem com molho ao sugo e pernil recheado. Já o spaghetti com mignonnette traz fatias de filé-mignon salteadas na manteiga e molho vermelho. Outra opção do Anella é o carpaccio San Gennaro. Os preços variam de R$ 20 a R$ 40. O bistrô venderá vinhos italianos por R$ 50 a R$ 60.

Serviço:
12ª FESTA TRADICIONAL ITALIANA DE BH
Domingo (1º/7), das 11h às 20h.
Avenida Getúlio Vargas, entre a Avenida Cristóvão Colombo e a Rua Professor Moraes, na Savassi.
Ingresso: 1kg de alimento não perecível.
Informações: www.acibramg.com.br