Sabia que existem 300 tipos de massas, cada uma para um molho?

Latinos estão atrasados no amor, diz especialista italiano
25 de outubro de 2016
Encomendas à indústria italiana crescem dois dígitos
26 de outubro de 2016

Para Dia Mundial da Pasta, guia ensina segredos italianos

Para Dia Mundial da Pasta, guia ensina segredos italianos.

Preparar as receitas italianas mais famosas, do ragú ao molho carborana, seguindo todos os segredos e tradições pode ser um verdadeiro desafio. Mas, para celebrar o Dia Mundial da Pasta, nesta quinta (25), foi criado um guia com o passo-a-passo dos pratos mais famosos da Itália.

O guia foi elaborado pela Associação das Indústrias de Doces e de Pasta Italiana (Aidepi), em colaboração com o site We Love Pasta.

De acordo com a Aidepi, existem 300 formatos de pasta, sendo que cada massa combina exatamente com um tipo de molho.

O macarrão do tipo “gravatinha” vai melhor com condimentos leves e frescos, já o “tortiglioni” deve ser preparado com ragú de carne ou molho à amatriciana. As massas do tipo “penne” são mais práticas e aderem a molhos de fácil preparo.

A Aidepi disse também que a receita mais falsificada em todo o mundo é o do macarrão à carbonara. Isso porque, pela receita original, é necessário colocar a pasta no molho logo após seu cozimento. A temperatura da massa que será a responsável por cozinhar o ovo e dar liga ao molho.

No guia da pasta italiana, também tem dicas do tempo de preparo de cada prato e dos seus ingredientes originais. Acredita-se que uma pessoa consuma ao menos 1 kg de pasta por ano. A Itália é o país que lidera o consumo de massa, com 24 quilos por pessoa anualmente. (ANSA)